Aprenda tudo sobre vendas com boleto bancário.

Esse livro é um guia completo sobre boleto, feito para quem utiliza esse meio de pagamento e deseja otimizar suas vendas.

Atualizado em abril de 2017

Nova edição, Completa!

Contém informações atualizadas sobre a Nova Plataforma de Cobrança.

Domine o Boleto - Rafael Lima

Tabela de Conteúdos

  • Sobre o Livro
  • O que é Boleto Bancário
  • Características do Boleto Bancário
  • Boleto Bancário vs Cartão de Crédito
  • Quando usar Boleto Bancário
  • Como funciona o sistema de boletos
  • Boleto sem registro vs boleto com registro
    • Fluxo da carteira sem registro
    • Fluxo da carteira com registro
  • O que são as carteira de cobrança
    • Quem cria o documento
    • Quem entrega o documento para o pagador
    • Escolha da carteira de cobrança
  • Pré-requisitos para emitir boletos
  • Conhecendo o layout do boleto
    • Recibo do Pagador
    • Ficha de Compensação
    • Dados do Beneficiário
    • Data de Vencimento
    • Nosso Número
    • Aceite
    • Local de Pagamento
    • Linha Digitável
    • Identificação do Banco
  • Fluxo de cobrança com boleto
  • Arquivos CNAB
    • Tipos de Arquivo CNAB
  • As VANs
  • Fraudes, como se prevenir
  • Segredos e Dicas
  • Perguntas frequentes
  • A Nova Plataforma de Cobrança
    • O que muda?
    • Benefícios
    • Cronograma
  • Agradecimentos
  • Sobre o Autor
  • Bônus: Infográfico sobre boletos bancários
  • Bônus: Leis aplicáveis à cobrança bancária
  • Bônus: Últimas mudanças no layout do boleto
  • Bônus: Documentos Oficiais
    • Carta Circular 2414
    • Carta Circular 2531
    • Carta Circular 2886
    • Carta Circular 3461
    • Carta Circular 3598
    • Carta Circular 3656

Domine o Boleto - Rafael Lima

Características do Boleto Bancário

É importante entender algumas características do sistema de boleto.

Confirmação de Pagamento Assíncrona

O Boleto Bancário é uma forma de recebimento com confirmação de pagamento assíncrona.

Isso quer dizer que o vendedor não recebe a confirmação do pagamento imediatamente quando o pagamento é realizado.

A confirmação do pagamento só é possível 1 dia útil após o pagamento.

Sendo assim o boleto não é tão bom para os casos de vendas que precisam ser confirmadas imediatamente, como por exemplo um produto on-line cuja compra é por impulso e a entrega tem que ser realizada imediatamente após a compra.

Liquidação Imediata

A liquidação é o processo em que o pagamento é confirmado e o dinheiro entra na conta bancária. Em geral o crédito entra no extrato da conta corrente um dia após o pagamento do boleto.

Existe uma terminologia pra isso. É chamada de liquidação em D+1. D é a data do pagamento e 1 é o número de dias depois que o crédito entra na conta.

Dependendo do banco, pode ser que a liquidação seja em D+2 ou até mesmo em D+0. Quando é D+0, que é o caso do Bancoob, o crédito entra no mesmo dia do pagamento. Ele é confirmado no dia seguinte, o crédito entra no extrato no dia seguinte, mas a data da transação de crédito é retroativa.

Taxa Fixa

O custo de uso dessa forma de recebimento é baseado em uma taxa fixa cobrada pelo número de boletos liquidados (recebidos) ou pelo número de boletos emitidos, depende de como for a contratação no banco. Irei explicar melhor essas formas de contratação no capítulo O que são as carteiras de cobrança.

A taxa fixa por boleto é uma das grandes vantagens em relação às outras formas de recebimento, que em sua maioria cobram um percentual sobre o volume transacionado.

Passa a ser uma desvantagem quando o negócio é baseado em micro transações.

Eu já vi empresas pagando por um boleto bancário recebido desde R$ 1,16 até R$ 9,00. Veja que nove reais é um completo absurdo quando comparado com o mercado. O preço médio de mercado está próximo de R$ 3,00.

Instrumento de Cobrança

O boleto é um instrumento de recebimento mas também um instrumento de cobrança. Instrumento de recebimento porque ele é usado para que o dinheiro saia do comprador e chegue na posse do vendedor.

Mas também é um instrumento de cobrança porque o boleto em si é um documento que contém as informações do pagamento que precisa ser realizado.

Esse fator ajuda bastante porque permite um fluxo de cobrança em que uma carta é enviada para o endereço do comprador para que ele efetue a cobrança.

Irreversibilidade do Pagamento

O pagamento do boleto é uma ação irreversível. Após confirmado o pagamento o dinheiro entra na conta bancária do vendedor e o comprador não tem mais como reverter a transação.

Esse é um fator de segurança para o vendedor. Um dos grandes problemas dos outros meios de pagamento é o Chargeback, que é basicamente quando um cliente faz a compra e dias depois reverte. É um caso que precisa ser gerido pelo vendedor que se não fizer nada a respeito simplesmente fica sem o dinheiro.

Domine o Boleto - Rafael Lima

Quando usar Boleto Bancário

Quando se trata de receber pagamento, eu quero aceitar o dinheiro de todas as formas que eu conseguir. Acredito que você também :)

Algumas vezes o boleto bancário é a melhor forma de recebimento, mas tem alguns casos que ele não se aplica.

Negócios que são baseados em valores de transações altos e que não precisam de uma confirmação do pagamento imediata são os que mais se beneficiam do uso do boleto bancário.

O boleto é perfeito para cobrança de serviços. Empresas prestadoras de serviços que se interessam em profissionalizar suas cobranças, normalmente começam adotando o boleto bancário.

Ele funciona muito bem para produtos, quando o tempo de entrega do produto pode ser flexível a ponto de um dia a mais na entrega não fazer diferença.

Quando o modelo de negócios é de cobranças recorrentes e o contato com o cliente é físico o boleto também funciona muito bem.

Exemplos desse caso são as escolas, os condomínios e as casas religiosas que enviam um boleto para o endereço do pagador todo mês.

Ao receber a cartinha com o boleto o pagador consegue se organizar e o boleto serve como um lembrete, assim como todas as outras contas que ela recebe em casa.

Essa tendência está mudando, claro! As cartas estão sendo substituídas por e-mail, mas a dinâmica é a mesma.

Outro caso em que o boleto é um bom negócio é quando o fluxo de caixa é crítico e receber o dinheiro mais rápido se torna relevante. Como a liquidação do boleto é feita um dia após o pagamento, fica mais fácil de usar o dinheiro logo. Outros meios de pagamento demoram de 15 a 30 dias para liquidar a transação e disponibilizar o dinheiro na sua conta.

Domine o Boleto - Rafael Lima

Boleto sem registro vs boleto com registro

Boleto sem registro é aquele em que o beneficiário gera o boleto, envia para o pagador e o banco toma ciência de que o boleto foi emitido somente no momento em que o pagador realiza o pagamento.

Na modalidade de boleto com registro, o fluxo é diferente. O beneficiário informa ao banco os dados do boleto emitido no momento da emissão.

A grande diferença entre as duas modalidades é que na primeira, o banco cobra a taxa por boleto na liquidação, ou seja, quando o boleto é pago e na segunda, o banco cobra na emissão.

Isso quer dizer que na cobrança sem registro você só paga a taxa ao banco dos boletos que forem efetivamente recebidos, enquanto que na modalidade com registro o pagamento da taxa é feito para cada boleto emitido, independente de ter sido pago ou não.

Os gerentes dos bancos tentam camuflar isso e dizem que mesmo na carteira com registro o pagamento é feito somente na liquidação, porém eles não falam da taxa de baixa do boleto.

Funciona assim, de fato você não paga a taxa na hora que o boleto com registro é emitido. Você só paga a taxa pro banco quando ele é pago, porém, se o boleto não por pago até 90 dias após a data de vencimento, ele tem que ser baixado no sistema e o banco cobra a mesma taxa para essa baixa. Na prática, você acaba pagando por todos os boletos que são emitidos independente de serem pagos ou não.

O que determina se a sua cobrança será com registro ou sem registro é a carteira de cobrança que foi contratada no banco, tema do próximo capítulo.

Domine o Boleto - Rafael Lima

O que são as carteiras de cobrança

Carteira de cobrança é o contrato que você firma com o banco para começar a receber pagamentos por boleto bancário. As carteiras de cobrança são identificadas por um código. Cada banco usa o seu padrão de nomenclatura para esse código.

Cada carteira de cobrança corresponde a uma forma de emissão dos boletos e um conjunto de serviços que o banco oferece. Algumas carteiras são para emissão sem registro e outras para emissão com registro do boleto.

Existem duas principais questões a serem decididas sobre a emissão do boleto que definirão qual carteira você vai escolher. São elas:

  1. Quem cria o documento.
  2. Quem entrega o documento para o pagador.

Escrito para quem usa boleto

Esse livro é um guia completo para te ajudar a montar o seu fluxo de recebimento perfeito.

Disponível em diversos formatos

  • PDF para leitura em qualquer tablet ou celular;
  • ePub para leitura em iPhone e iPad;
  • Mobi para leitura no Kindle;
Mobile

O que eu vou aprender?

Depois de ler esse livro, você dominará os seguinte assuntos:

  • Características do Boleto
  • Quando usar Boleto
  • Carteiras de Cobranças
  • Escolha da melhor carteira
  • Fluxo de Cobrança
  • Aderir ao boleto
  • Se prevenir das fraudes
  • Otimizar as vendas
  • Economizar nas tarifas
  • Melhorar as conversões
  • Nova Plataforma
  • Base única de boletos
  • Base única de beneficiários
  • Novas regras de cobrança
  • Fim da 2ª via de boletos
PHOTO